Benefícios do consumo de Fibras: Obesidade, Diabetes, Cérebro e mais

Fibras x Diabetes

Pacientes acometidos com diabetes do tipo 2 possuem uma composição da microbiota intestinal alterada, apresentando maior resistência à insulina.

A ingestão de fibras melhora essa população de microorganismos e, consequentemente, reduz a glicemia e resistência à insulina.

Fibras x Sistema Cardiovascular

A relação do consumo de fibras com a saúde cardiovascular está intimamente ligada à redução de parâmetros séricos como LDL, colesterol, triglicerídeos e glicemia.

O uso de fibras solúveis e insolúveis atua de forma sinérgica:

  • As solúveis formam um gel e emulsificam partículas de gordura na forma de micelas, retardando sua absorção.
  • As insolúveis agem carregando esse aglomerado para fora do corpo.

Fibras x Câncer

Devido ao aumento do estímulo do intestino grosso e o poder de se ligar a toxinas, as fibras são responsáveis pela limpeza intestinal, reduzindo os riscos de câncer de intestino.

Fibras x Osteoporose

O consumo de fibras, principalmente inulina e FOS, aumenta a absorção de cálcio e magnésio.

Fibras x Cérebro

Por sua capacidade de regular processos de inflamação, o baixo consumo de fibras pode afetar a cognição e o humor em manifestações clínicas como depressão, ansiedade e Alzheimer.

 

FONTE: Essential Nutrition, 2018.

Nenhum comentário ainda.

Deixe um comentário

*